O que a igreja deve cantar? - Parte 2

Postado por Daniel Souza sábado, agosto 21, 2010

2. A igreja deve cantar o reino de Deus

Creio que a música é um instrumento profético para a igreja. E sendo assim, como músicos também somos responsáveis diante de Deus na consolidação de nossos irmãos.

O que cantamos pode ou não cooperar com a vontade de Deus. Escrevo isto porque sei (e você também sabe; ou não?) que Deus deseja estabelecer seu reino (governo) na vida das pessoas (Lc.17.20,21).

Quando o reino de Deus está dentro de alguém esta pessoa vive segundo a vontade do Senhor, em humildade, santidade e obediência.

Volto a dizer que a igreja não precisa de entretenimento musical e sim de um serviço de música que coopere com o Senhor.

Vejamos os textos:

Mt.4.17 Daí por diante, passou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus.

Mt.9. 35 E percorria Jesus todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades.

Mt.24. 14 E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.

A mensagem do reino traz em seu conteúdo basicamente o arrependimento para com Deus e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo (At.20.21). Esta mensagem fala do governo de Deus; da cruz; obediência; santidade; renuncia; etc. É uma mensagem que nos confronta, nos levando a decidir e mudar de atitude; a romper com toda independência e nos submeter a Deus.

A música não deve servir como um "anestésico" para a igreja e sim como um instrumento que leve as pessoas a "fazer as contas", como Jesus ensinou (Lc.14.27-33).

Esta era a mensagem de Jesus. Este é o evangelho.
Esta mensagem deve ser cantada pela igreja.

"Ainda existe uma cruz", nos lembra o Ministério Diante do Trono.
"Prega o evangelho do reino. Prega a palavra de Deus. É a profecia da bíblia. Que o mundo precisa ouvir", nos exorta Adhemar de Campos.
"Eis que eu proclamo boas novas. Novas que ao céu conduz eu proclamo a Jesus", nos consola Asaph Borba.
"Entrega o teu caminho ao Senhor, espera/confia nEle, e o mais Ele fará", nos leva a cantar Gerson Ortega. A gente canta dançando e a espada vai penetrando em nosso coração. rsrs
"Já estou crucificado com Cristo e agora vivo não mais eu", nos instrui Fernandinho.

Viveremos a mensagem a que estamos freqüentemente expostos. Ninguém se engane. Quem ouve e canta o reino de Deus tem mais chance de viver este reino.

No amor de Jesus, Daniel Souza.

3 comentários:

volte pra SIÃO disse...

Amém. Também entendo que a musica tem uma finalidade profética que não apenas pode abençoar, curar, estruturar, direcionar tanto os santos como os que ainda não estão em Cristo. Cantar o reino de Deus é também cantar o que se canta agora diante Dele. No Sl 18:10 vemos um adorador da terra fazendo menção de um adorador do céu. Davi diz: Montou num querubin e voôu, veio ao meu encontro. Acredito que Davi quis dizer que podia adorar com o céu, céu e terra unidos adorando Aquele que É. Adoração estabelece reino. Também no Sl 137 os babilônicos que eram na época a potência mundial e por isso provavelmente tinham o melhor no que diz respeito as artes e isso incluem musica, pediram pros escravos hebreus que "Cantem uma canção de Sião...." Sião é o lugar escolhido por Ele para habitar, Sião é onde 2 ou 3, ou mais juntos Nele buscam Seu coração e cantam sobre Ele e Seu reino, é onde Ele ordena Sua benção (Salmos 87 e 132 do 13 em diante.)

Venha o Seu reino, seja feita, e cantada a Sua vontade.

Rogério Lima,
Habitantes de Sião.

Filipe disse...

Querido que palavra tremenda!!
Tenho meditado nesta verdade há tempos!
Sou discípulo e músico em Brasília.. Temos experimentado esse mover de Deus pela palavra cantada!
A palavra é viva e eficaz!
I Colossenses 1:5-6 : "Por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual antes ouvistes pela palavra da verdade do evangelho, que já chegou a vós, como também está em todo o mundo, frutificando e crescendo, assim como entre vós desde o dia em que ouvistes e conhecestes a graça de Deus em verdade"

Que Jesus nos encha de graça para vivermos essas verdades todos os dias!

Grande Abraço!

Filipe Freitas
Discípulo da Igreja em Brasília (cobertura do Wagner, Wanderley e Beto)

Tony disse...

Muito bom esse texto .. a cada dia aprendo mais com vc, e me ajudar no meu ministério ..

Postar um comentário

Obrigado por ler e comentar!